Arquivo mensal: janeiro 2011

Os gays da revista Veja [parte 2]


Trecho da Carta ao Leitor da revista: lição dos jovens (aos adultos).

Conforme relatei na postagem do dia 23 de janeiro, terminei minha graduação em Jornalismo neste ano que passou. Meu trabalho de conclusão foi a monografia Gays em revista: a homossexualidade nas páginas da revista Veja (disponível aqui). Minha intenção nesta segunda parte é postar mais detalhes sobre os resultados da pesquisa e também sobre as críticas que recebi. No limite da compreensão, vou evitar uma abordagem extremamente acadêmica, pois foge um pouco à linguagem do blog.

Naturalmente, os títulos (ainda mais na área da Comunicação) são quase como o nome fantasia de uma empresa. É lendo a pesquisa que se tem clara noção do que fiz: um recorte, como todo tipo de empreendimento científico precisa fazer. Portanto, minha análise foi apenas da homossexualidade no ano de 2010, e não em toda a história da revista. O que dá sustentação à minha análise é um conjunto teórico-metodológico oriundo da linguística, mas que hoje é bastante forte também nos estudos de jornalismo: a análise de discurso. No meu caso, é a vertente denominada francesa, que é a mais disseminada no Brasil – há também a Análise Crítica do Discurso, mais popular nos Estados Unidos.

Capa da edição 2.201 de 26 de janeiro de 2011 da revista Veja

Coincidentemente, a homossexualidade voltou às páginas (amarelas desta vez) da Veja nesta semana: o cantor Ricky Martin concedeu extensa entrevista à publicação. Como não sou assinante, não tive contato ainda com o material, e ele só estará disponível no Acervo Digital da revista na sexta-feira. Pego este gancho para esclarecer que no meu corpus (no conjunto de materiais analisados), não há nenhuma entrevista, basicamente porque não encontrei nenhuma no ano de 2010 que estivesse dentro da minha problemática. Conforme esclareço no começo do capítulo 3 (p.47), os materiais que utilizo são basicamente reportagens e notas. Há dois diferentes: a carta ao leitor, que é um texto de caráter editorial, logo manifesta a opinião do veículo, e a seção de cartas com a opinião dos leitores. Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: