Arquivo mensal: abril 2011

It gets beautiful…


Desde a última postagem muitas mudanças ocorreram na minha vida, mas nenhuma digna de nota para o blog. De qualquer modo, a postagem hoje é mais um exercício de retomada da escrita aqui  (a partir de outro lócus, e, portanto, com outro(s) olhar(es), já que mudo eu, muda o texto) e, principalmente, para não deixar passar batido este vídeo que achei muito belo.

Frame do clipe Beautiful (Christina Aguilera)

É comum a pecha de superficialidade que se dá às ditas cantoras pop, no sentido de que só produziriam hits dançantes sem qualquer relevância em suas letras. Muitas vezes, isso é verdade. A despeito disso, quando tomei contato, há alguns anos, com a interpretação de Christina Aguilera para a música Beautiful (Linda Perry) e, principalmente, com o clipe desta canção, achei-os fantásticos. A letra porque traz uma mensagem de positividade e aceitação – à época, era um adolescente saído de uma fase levemente depressiva – que, sem dúvida, toca a muitos jovens homossexuais. E o clipe pela estética delicada e, ao mesmo tempo, militante que concatena imagens de diversidade, de superação e de carinho. Foi um vício da adolescência assistir àquele clipe repetidas vezes.

Nos últimos meses, os Estados Unidos viram-se às voltas com o que seria uma onda de suicídios de jovens homossexuais (sabidamente jovens gays têm mais propensão ao suicídio – aliás, quem veio primeiro: o ovo ou a galinha? Ou: os jovens gays têm mais propensão ao suicídio porque são gays ou porque sofrem discriminação? […] Esta “volta” desnecessária é para os incautos mal intencionados que leem tortamente certas ideias…), e tais casos de suicídio motivaram o projeto It Gets Better, composto por diversas iniciativas e mensagens de empresas, artistas e mesmo do presidente. A mensagem básica foi: depois desta fase, sua vida vai melhorar; a adolescência passa e você terá uma vida adulta gay feliz. Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: