Arquivos do Blog

Eu sou gay. Eu sou hétero.


Projeto #EuSouGay, lançado em abril de 2011

No final de março deste ano, um assassinato brutal foi noticiado nos jornais do país. A adolescente Adriele Camacho de Almeida foi assassinada pelo irmão de sua namorada na cidade de Itarumã, Goiás. Os detalhes são tristemente revoltantes (esta reportagem do Domingo Espetacular traz a reconstituição pormenorizada).

Foi da indignação diante desse caso que surgiu a motivação para o lançamento do projeto #EuSouGay, concebido pela jornalista Carol Almeida e que conta com a colaboração do diretor brasileiro Daniel Ribeiro (do obrigatório Eu não quero voltar sozinho). Os detalhes sobre o projeto  estão no site e lá você descobre como enviar sua foto.

Ontem, fazendo algumas fotos para enviar ao projeto (a minha está aqui ao lado, na barra lateral), decidi escrever este breve post para tecer algumas considerações sobre o projeto e sobre algo que me ocorreu e resolvi traduzir em vídeo. Primeiro, sobre o projeto: alguns blogueiros, como o Tsavkko, não só aderiram ao projeto como fizeram críticas aos que viam problemas em heterossexuais participarem dele (a Amanda Vieira também rebateu algumas críticas em seu blog; e o amigo Adriano Mascarenhas abordou a noção central de empatia no post em que colocou as fotos dele). Um texto que fez críticas (leia-se: ponderadas e relevantes) ao projeto foi o do Paulo Rená. Embora eu entenda algumas delas, não consigo considerá-las suficientemente pertinentes para discordar do mote do projeto, muito menos de seu slogan. E lembrei-me do Marcelo Adnet quando pensei em tais críticas. Leia o resto deste post

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: