Arquivo mensal: maio 2011

O kit anti-homofobia: ponderações


Nota: este texto é uma versão estendida de Política e preconceito: a polêmica do kit, publicado no sábado no Bule Voador. Aqui eu desenvolvo mais detidamente alguns pontos que não detalhei ou não abordei no texto do BV, especificamente a partir do subtítulo Propaganda da homossexualidade.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Cuidado: querem transformar seu filho em homossexual (arte de grupos homofóbicos sobre foto desconhecida).

Esta última semana encerra-se com dois acontecimentos na esfera política nacional que movimentaram tanto a imprensa quanto as redes sociais e blogosfera: a aprovação do Código Florestal e a decisão da Presidenta de que um material didático denominado “kit anti-homofobia” tivesse sua produção e distribuição canceladas. Além disso, o assassinato de três líderes camponeses nesta semana também foi um dos assuntos mais expressivos na rede e na imprensa, tendo todos estes três acontecimentos como pano de fundo permanente a denúncia acerca do crescimento vertiginoso do patrimônio do Ministro-Chefe da Casa Civil Antonio Palocci.

Creio que a aprovação do Código Florestal pela Câmara dos Deputados mereça reflexão aqui no BV, ainda mais que duas expressivas entidades científicas nacionais (SBPC e ABC) manifestaram-se, desde o princípio, contrárias ao texto aprovado. De meu lado, tomo a iniciativa de abordar a polêmica (instaurada) em torno do referido material didático. Faço-a a partir de dois eixos: um sobre o objeto (o kit) e outro sobre a política (o que aconteceu).

A política pública por trás do kit Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: